BeLiving… HAPPY!!! :) | Vive e sê Feliz!

Beliving… HAPPY!!!

[EN]

Hello beautiful friends! This is Joana today, sharing her thoughts on BeLiving… Happy?!

I’ve just got back to The Netherlands after a 24 hours trip back home, after attending several work meetings in Malawi. The feeling of being back home is incredibly good, however after visiting one of the poorest countries in the world, and being about to turn 26 in a couple of days, it puts many things into perspective.

Since I was a little child my parents would take me to at least one different country every year. Once they got me a map in which I still attach a pin every time I visit a new country. These experiences certainly shape your personality since a very tender age, but of course we all change during the course of our lives. During the last time I was home (in Portugal), I stared my “Travel Shelf” for a while, and thought that I’ve seen a lot… After the trip to Malawi, I feel that I’ve yet so much to discover about the World and its People.

Travel Shelf in Portugal

During the long hours of my journey, it got me thinking about happiness, and what it truly means to all of us!

But what is happiness exactly?

Well, science would tell us that happiness as other feelings and emotions is based on reactions. Would elaborate on endorphins, serotonin, dopamine, oxytocin, most likely would recommend taking long walks under the sun, exercise daily and consume foods rich in tryptophan (such as milk or corn) as our body converts it to serotonin.

This is all very valid, nevertheless there’s something missing in this message to make it clear for everyone else to understand. As music, a smile is a language that we all understand.

It’s normal not to be happy all the time, but at least there are minor changes in our daily life that can positively boost our happiness and the ones around ourselves. Not that I am trying to look like an expert, but if you care advice from a friend, here’s mine:

  • Surround yourself with happy and positive people! 

There’s a saying that we are the average of our 5 best friends, meaning that our personality is also a reflection of the people who surrounds us. Therefore no negativity around, please! Analyze the people surrounding you and evaluate if you are truly happy with these relationships, if not… well… find new positive vibes. Happiness is a choice we make every day.

Joana & Marwa, Tunis, Tunisia 2014
  • Practice gratitude

Train yourself “to always see the silver line and not the grey cloud”. Feel grateful for even small things, it will drive you in a more positive attitude and also to get more engaged with yourself. A good tip is to write down in your agenda, a positive thought before going to bed, or to list 10 things each month for which you are grateful. Revising them will certainly give you joy.

  • Reflect 

A reflection on what does or doesn’t make you happy, is also very positive in a sense that will help you on your journey of personal growth. Knowing yourself better, will increase your strength for future situations.

First time in Thailand, 2011
  • Find “mood switchers”

At the beginning it might seem difficult but on a longer term, this process will lead you to a much better place. Positive impact can come from small things, which can cheer us up instantly. It can be feeding your pet or going for a run, discovering what boost your humor can be a very enriching and funny journey.

Butterfly Park in Kuala Lumpur, Malaysia, 2014
  • Set goals

Set goals and actually write down those goals in a checklist. Find a way that works for you: Weekly, monthly, yearly, etc. Crossing down the goals as you accomplish them, will make you feel as an achiever. Setting goals makes you try different things and work to meet those expectations. Personally it’s one of my favorite things to do!

  • Express your love

Tell the people in your life that you love them. Why waiting for tomorrow if you can say it right away? It’s a great joy, and sharing love has a two way dimension: Give to receive!

  • Go out of your comfort zone!

Sometimes it can be frightening, others overwhelming, but even small changes in your routine can lead to a new discovery that may come as a pleasant surprise. The feeling and the rush for something new, can give you the extra motivation needed. Try to have coffee in a different café, sign up for a marathon, try a different type of food… Whatever you decide, just put yourself out there and feel the magic happening!

Jumping out of an airplane? Done! 🙂

And most important, if you don’t work yourself to achieve a well-being state, nobody will do that for you…!

[PT]

Olá gente gira! Hoje é a Joana que vos escreve no sentido de partilhar alguns pensamentos sobre Beliving… HAPPY (Viver feliz)?!

Acabei de regressar à Holanda após 24 horas em viagem. Fui em trabalho ao Malawi, com escalas pela Alemanha e Etiópia. A sensacão de regressar a casa é incrivelmente boa, no entanto depois de visitar um dos países mais pobres do Mundo, e estando prestes a completar 26 anos, há momentos que definitivamente nos marcam e ajudam a colocar a vida em perspectiva.

Desde crianca, que os meus pais me levavam a visitar um país diferente, pelo menos uma vez ao ano. Certamente que estas experiencias nos moldam a personalidade desde uma tenra idade, contudo ao longo da vida vamos mudando. Está sempre tudo em constante mudanca. Na última vez que fui a Portugal, estive durante alguns momentos a contemplar a minha “estante das viajens” pensando que já tinha visto e visitado muitos locais… Contudo após a viagem ao Malawi, sinto que ainda muito pouco descobri sobre o Mundo e as suas gentes.

Assim, durante as inúmeras horas de viagem comecei a pensar sobre o que é a felicidade e o que realmente significa para cada um de nós.

entronca
Estante das Viagens em Portugal

Certamente que a ciência nos diria, que a felicidade tal como outros sentimentos e emocoes é baseada em reaccões. Falar-nos-ia de endorfinas, serotonina, dopamina, oxicitocina, e muito provavelmente recomendaria fazer longas caminhadas ao sol, exercicio fisio de forma consistente, e a consumir alimentos ricos em triptofano (como o leite ou o milho), já que este é convertido em serotonina pelo nosso corpo.

Tudo isto é bastante válido,no entanto, há algo que falta nesta mensagem de forma a torná-la clara para que todos a possamos entender. Pois tal como a música, o sorriso, é uma linguagem que todos nós compreendemos.

Como acontence com todos os sentimentos, é normal que não nos sintamos felizes todos os dias, mas há pequenos detalhes no nosso quotidiano que podem fazer a diferenca, de forma a impulsionar positivamente a nossa felicidade e a dos que nos rodeiam.

Não tenho pretensões de especialista, mas em jeito de conversa entre amigos aqui ficam algumas dicas:

  • Rodearmo-nos de pessoas felizes e positivas!

Há um ditado que refere que somos a média dos nossos cinco melhores amigos, o que significa que a nossa personalidade é também um reflexo das pessoas que nos rodeiam. Assim, nada de negativismo sff! Analisar as pessoas que nos rodeiam e avaliar se estamos realmente felizes com essas relacões, é algo que se deve fazer frequentemente… Se algo não estiver bem no nosso ambiente, há que encontrar novas vibrações positivas. A felicidade é uma escolha que fazemos todos os dias.

Amizade sem – fronteiras! Tunisia, 2014
  • Praticar a gratidão e o perdão

Temos de nos treinar para “ver sempre a luz ao fundo do túnel e não a nuvem cinzenta”. Sentirmo-nos gratos, mesmo que por coisas simples da vida, deixa-nos com uma atitude mais positiva, sentindo-nos mais envolvidos conosco próprios. Uma boa dica é anotar na agenda um pensamento positivo antes de ir para a cama, ou listar 10 coisas pelas quais estamos gratos a cada mês. Revisitar estes pensamentos, certamente, irá trazer alguma alegria.

  • Refletir

Refletir sobre o que nos faz ou não felizes é também muito positivo, uma vez que fomenta a nossa jornada de crescimento pessoal. Conhecermo-nos melhor irá aumentar a nossa forca para lidar com eventuais problemas futuros.

Primeira vez na Tailândia em 2011
  • Encontrar “conversores de humor”

No início pode parecer difícil, mas a longo prazo, este processo leva-nos a um lugar melhor. Um impacto positivo às vezes pode vir de pequenas coisas, que nos podem animar instantaneamente. Brincar com o animal de estimação ou simplesmente ir correr, descobrirmo-nos a nós próprios pode ser uma viagem muito enriquecedora e divertida.

Uma borboleta em Kuala Lumpur, Malásia, 2014
  • Definir metas

Definir metas e escrever objectivos sob a forma de lista, quer esta seja semanal, mensal ou anual. Riscar as as linhas da lista com o sentido de dever cumprido, faz-nos sentir empreendedores e com o humor revigorado. Estabelecer metas faz-nos experimentar coisas novas, e trabalhar para alcancar as expectativas propostas. Pessoalmente é das coisas que mais gosto de fazer!

  • Expressar amor e carinho

Devemos dizer mais frequentemente às pessoas que fazem parte da nossa vida, o quão importantes são para nós. Porquê esperar para amanhã se se pode dizer imediatamente? Para além disso, a reciprocidade do sentimento transmite grande alegria.

  • Sair da zona de conforto!

Às vezes pode ser assustador, outras vezes uma experiência avassaladora. Mesmo pequenas mudanças na rotina podem conduzir a uma nova descoberta, a qual pode vir a tornar-se uma agradável surpresa. O sentimento de fazer algo novo, por vezes confere a motivação extra que faltava. Tomar café num sítio diferente, correr uma maratona, experimentar um tipo de comida diferente… na realidade o que quer que seja! É só decidir e deixar a magia acontecer.

Saltar de um avião na Skydive em Evora? Feito 🙂

E o mais importante a ter sempre presente… se não trabalhar-mos para alcançar um estado de bem-estar pessoal, ninguém o vai fazer por nós…!

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s